Um coco aberto, mostrando a composição com a casca, semente e a cavidade interna

Sou apenas uma usuária dos cosméticos e prod. de higiene pessoal, fiz um breve curso de sabonetes, o que não me torna especialista no assunto, mas me confirmou a seguinte informação:
* para limpar – shampoo e sabonete – é importante ser SUAVE, ter POUCOS INGREDIENTES, NATURAIS e de qualidade. Suave para não retirar a gordura natural da pele, poucos ingredientes pq química é coisa séria e misturas podem ter efeito indesejado, naturais pq já basta os inúmeros corantes e aromatizantes que ingerimos pela boca… Água corrente pura já limpa bastante coisa.

Vale à pena dar uma lida nos artigos do casal Feldman, eles são fãs do óleo e gordura de coco:

Dr. Alexandre Feldman diz que usa sabão de coco (mais natural possível) na pele e nos cabelos, além do óleo de coco puro e extra-virgem para hidratar. Veja discussão (é importante ler também os comentários e não apenas o artigo) no site dele.  Tem até uma receita, na qual ele acrescenta óleo de coco / coco ralado, entre outros ingredientes, um alerta contra a água muito quente e o excesso de ensaboamentos, um comentário que elogia muito a aloe vera, outros tantos que chamam a atenção para o PH  http://www.enxaqueca.com.br/blog/?p=80#more-80

Pat Feldman diz “Quando utilizamos produtos de limpeza bactericidas, estamos matando aquelas bactérias que não representam ameaça para nós, abrindo o caminho para a multiplicação das demais bactérias … Lembre-se também que a pele é o maior órgão do nosso corpo. Ela vai absorver tudo aquilo que você colocar nela, inclusive os produtos quí­micos e antibióticos provenientes dos sabonetes bactericidas.”  http://pat.feldman.com.br/?p=393

Anúncios