novembro 2008


O poder aquisitivo dos salários vem caindo mais do que os lucros das empresas e o PIB. Mesmo na situação anterior em que os países estavam em franco crescimento, o aumento da renda média e a diminuição da desigualdade não foram na mesma proporção.

OIT: efeitos da crise sobre salários serão ‘dolorosos’
http://br.noticias.yahoo.com/s/25112008/25/economia-oit-efeitos-da-crise-salarios.html

Anúncios

Quando nos acostumamos a fazer pesquisa de preços e a dar valor ao dinheiro, adquirimos um instinto natural.
maquiagem_dior
Eu devo ter ficado pelo menos uns 10 anos sem comprar sombras e quando fui comprar, vi um conjunto com 4 “quadradinhos”, de qualidade média, por 65,00. Aquele número não me pareceu o preço justo para aquele produto, foi como uma sirene que se acendeu alertando para o perigo de um mau negócio, mas pelo menos conscientemente, eu não fazia a menor idéia do preço de um estojinho de sombras (esse da foto é outro, que vale uns R$ 100,00)!

Pouco tempo depois foi o colchão. Há anos não comprava um, mas sabia que estava caro, nesse caso foi mais racional a desconfiança – sei que comprar em loja só de colchões costuma ser mais barato que na loja de móveis. Era um solteiro D33 pequeno (78) por 200,00 à vista – tem preços melhores.

Depois acabei confirmando, mas o que eu quero dizer é que o bom-senso financeiro é passível de se desenvolver. Basta prestar atenção, pensar antes de agir, exercitar a inteligência financeira.

Você tenta calcular, em segundos, quanto é o peço de custo, adiciona o fator qualidade e chega em um número razoável do que VALE o produto. Depois questiona se você aceita mesmo pagar pelos adicionais: estar na moda, ser de uma grife famosa, ter pouca oferta, poder parcelar, passar por muitos intermediários… Tudo isso vai encarecendo o produto muitas vezes a um preço abusivo, aprenda a reconhecer os exageros!

Dólar rasgado dos EUA

Saudades de falar sobre a crise mundial? Então, você acha que os EUA sairão fortalecidos, igualmente poderosos ou enfraquecidos desta crise?

 

Veja a notícia da BBC:

Crise pode apressar fim da hegemonia do dólar
http://www.estadao.com.br/economia/not_eco281521,0.htm

Cheque especial:
Ficar com saldo constantemente negativo, em R$ 1.000 por ex, custa em média R$ 90 por mês!
Além de providenciar os 1.000 para cobrir o saldo, você fica devendo mais 90.
Isso só para zerar a conta, fora as outras despesas que virão normalmente…
Especial para quem mesmo?

Veja notícia no UOL: Juros do crédito pessoal atingem maior taxa desde 2003
http://economia.uol.com.br/ultnot/infomoney/2008/10/14/ult4040u14972.jhtm

cofre-mae
“A consultoria foi uma experiência transformadora na minha vida e da minha familia, hoje temos planejamento, gasto consciente, além de uma reserva, não vivemos mais aflitos e nem no vermelho. Essa mudança foi tão significativa que levamos o conhecimento da consultoria para outros setores como alimentação, compras e etc…

Até minha filha já aprendeu lidar com o dinheirinho dela, juntando suas moedinhas e comprando o que gostaria, o sucesso foi tão grande que hoje todas minhas sobrinhas tem cofrinho.

Seria maravilhoso que todas as pessoas pudessem se transformar como você fez comigo e viver bem melhor como estou agora!

Obrigada!”

Laryssa Andrade

* Eu é que agradeço, a honra de participar dessa história!

Já estão em vigor desde o início deste ano as normas que obrigam os bancos e demais instituições financeiras a informar todos os débitos e créditos mensais por CPF acima de R$ 5.000,00 no semestre e acima de R$ 10.000,00 por CNPJ. Essa movimentação financeira será comparada com os rendimentos mensais que declaramos à Receita Federal.

Sigilo bancário? O que seria mesmo???

Confira os detalhes na imprensa: http://www.reporterdiario.com.br/index.php?id=58189&secao=5

artigo sobre o EFEITO MANADA, útil em momentos de crise:
http://www.revistainvestmais.com.br/php/detalhe_materia.php?id=44382

case de INOVAÇÃO na tectoy:
http://www.revistainvestmais.com.br/php/detalhe_materia.php?id=44384

Próxima Página »