julho 2009


o seu cartão de crédito não deve sair da sua vista e, pela rapidez e eficiência que podemos ver neste vídeo da Globo, não deveria nem sair de suas mãos… o aparelhinho carinhosamente apelidado de “chupa-cabra” é tão fácil que dá medo, a matéria recomenda atenção total, especialmente em casas noturnas (pouca luz + álcool) e postos de gasolina (distância).  senhas, como sempre, são pessoais, intransferíveis e devem ser digitadas cobrindo as mãos e no momento certo, para  aparecer as ****.

A pesquisa da FIA sobre as carreiras mais promissoras até 2010 aponta “Gerente de Ecorrelações” em primeiro lugar.

A Universidade Federal de São Carlos no Campus Sorocaba tem uns 4 cursos relacionados ao meio-ambiente, entre graduação e pós e o Instituto Ecoar começa em agosto a Especialização em Mudanças Climáticas, Sequestro e Mercado de Carbono.

PAP_062CONSUMIR é o verbo mais conjugado pelos seres humanos, com raras exceções, mesmo antes de falar e andar já somos consumidores de produtos e serviços e o seremos até o último suspiro… Saber GASTAR é, portanto, essencial em nossas vidas – como, quanto e com o que gastar. PLANEJAR e PESQUISAR são irmãos do verbo consumir, agregando qualidade, afinal “dinheiro é tempo” e precisamos gastar baseados principalmente em decisões conscientes, não apenas em impulsos. O oposto do gastar bem é o verbo DESPERDIÇAR, fuja dele.

 Se você não usar o dinheiro para consumir, irá POUPAR. O verbo poupar deve ser conjugado no presente, passado e futuro, começando em pequenas proporções que vão aumentando ao longo do tempo. Ele deve ser complementado pelo verbo INVESTIR, que também é super amigo do PLANEJAR e PESQUISAR e esta turma leva aos verbos PROSPERAR e REALIZAR. Com a prosperidade vem novos desafios que trazem o DOAR, o EMPRESTAR e o DIZER NÃO. Eis alguns dos verbos que mais mostram o nível de evolução da pessoa, na minha opinião (os 3 últimos).

 O oposto de poupar é ENDIVIDAR-SE, coisa que espero que você já tenha percebido ser uma armadilha. Este verbo tem inúmeros complementos – quanto, para quem , em quantas parcelas, a que taxa de juros, etc, levando inevitavelmente ao verbo COMPLICAR e atraindo outros piores como ADOECER e BRIGAR. Em algum tempo futuro será necessário conjugar verbos como CALCULAR, NEGOCIAR e SACRIFICAR-SE para sair da dívida. Endividar-se nunca deve ser conjugado na mesma frase que o verbo CONSUMIR, isso pode dar uma incômoda sensação de estar trabalhando hoje para pagar o benefício de ontem.

 Se você pode conjugar os verbos acima no presente, é porque usou o verbo TRABALHAR no passado ou alguém o fez por você. Para que este trabalho traga o resultado esperado de GANHAR bem, as pessoas conjugam verbos diversos, como ESTUDAR, RALAR, DEDICAR-SE, TOLERAR, SOCIALIZAR, ADAPTAR-SE e DESENVOLVER competências. Quase todos desejam ganhar mais, mas estranhamente poucos vêem com bons olhos FALAR sobre isso e sobre dinheiro em geral, usando primeiro o verbo AGIR e depois o PENSAR e, entre os poucos diferentes, alguns no outro extremo, conjugando demasiadamente o verbo IDOLATRAR o dinheiro.

 Alguns encontram-se na delicada relação DEPENDER-PROVER, que exige bastante maturidade de ambos os lados. Assim como em todos os outros verbos anteriores, quanto mais CONHECER-SE e APRENDER, mais fácil fica de resolver as coisas. O verbo mais rejeitado é o CONTROLAR, ele nem consta no dicionário de tantas pessoas, mas em maior ou menor grau, é necessário ORGANIZAR-SE.

 Como anda a sua conjugação verbal?

este é o primeiro de uma série de posts que trarão SUGESTÕES PARA RESOLVER DOIS OU MAIS PROBLEMAS de uma vez, um financeiro e o outro não necessariamente.  o que você tiver de ideias serão muito bem-vindas!

1. dar semanada e posterior mesada às crianças dá a elas a oportunidade de gerenciar o dinheiro, treinar para a vida adulta, desenvolver o senso de responsabilidade, aprender pelo erro, dar valor ao dinheiro, etc. desde que ela tenha liberdade de escolha e não receba “complementos” frequentes.

2. fazer e beber um suco de laranja fresquinho e cheio de vitaminas é nutritivo, saudável e saboroso, um quilo de laranja custa o mesmo (ou menos) que um litro de suco concentrado ou reconstituído.

algumas vidas tem números impressionantes… não garanto a exatidão destes que estão sendo divulgados na imprensa sobre Michael Jackson, só como curiosidade:

Ele acumulou um belo patrimônio de cerca de US$ 1 bilhão, mas também fez várias dívidas em valor equivalente à metade dos bens (meio bilhão).  Boa parte desta dívida era pela compra de remédios e serviços médicos!

Retrato pintado dele foi comprado semanas antes por um felizardo que pagou menos de 300mil e agora deve ser leiloado por 5milhões.

Debbie Rowe, mãe biológica dos filhos mais velhos do cantor, aceitou desistir da disputa em troca de um acordo multimilionário (cerca de 4milhões).

O velório de 17,5 milhões de convidados custou mais de US$ 1milhão e o prefeito pediu contribuições…

As vendas de discos dele se multiplicaram por 80 já nos primeiros dias após a sua morte, mais do que nos últimos 11 anos e ultrapassaram Elvis e Lennon. Thriller foi visto cerca de 10 milhões de vezes na Internet após a morte dele.

A temporada de 50 shows que ele faria agora em julho esgotou os ingressos de Londres em apenas 5 horas e poderia ter rendido 50milhões a ele.

homem pulandoBrasileiro quer dinheiro e sossego  –  Pesquisas revelam que jovens brasileiros e estrangeiros têm expectativas opostas sobre a vida profissional 

Amor vale R$ 522 mil, diz estudo   (não é o que parece, é na verdade uma lista com nossas riquezas não-materiais, em ordem de valor para nossa felicidade) 

A arte de fazer a diferença  –  A fluminense Chemtech sagra-se a campeã entre as 25 empresas mais inovadoras da lista de Época NEGÓCIOS/FGV-Eaesp; outras 11 ganharam destaque 

Saiba quando fechar a boca  –  Falar demais pode ser um pecado maior do que a timidez. Conheça cinco situações em que é melhor não dizer nada

1  O vós, todos os que tendes sede, vinde às águas, e os que não tendes dinheiro, vinde, comprai, e comei; sim, vinde, comprai, sem dinheiro e sem preço, vinho e leite.  2   Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão? E o produto do vosso trabalho naquilo que não pode satisfazer? Ouvi-me atentamente, e comei o que é bom, e a vossa alma se deleite com a gordura.  3   Inclinai os vossos ouvidos, e vinde a mim; ouvi, e a vossa alma viverá; porque convosco farei uma aliança perpétua, dando-vos as firmes beneficências de Davi.

Próxima Página »