“Não estimes o dinheiro nem mais, nem menos do que ele vale: é um bom servidor e um péssimo amo”, Alexandre Dumas Filho, romancista francês do século XIX

Anúncios