fevereiro 2012


O QMágico tem vídeos e dicas de matemática para estudantes. Conheça a história dele na Veja. Assista a vídeos  –  Na área Estude, você aprende matemática com os professores QMágicos. Nossas aulas estão disponíveis em vídeos, com explicações claras e intuitivas e muitos exemplos e exercícios resolvidos. Você  pode voltar em partes que não entendeu e pode também fazer perguntas sobre a aula.  Faça exercícios interativos  –  Na área Pratique, você tem dezenas de exercícios para praticar o que aprendeu nas aulas. Vários exercícios têm passos de solução para ajudá-lo a compreender cada problema.

O site Vestibulândia também oferece muita aulas de Matemática, Física, Química, Biologia, Português, História e Geografia. Os vídeos do Matemática Zero são ótimos.

Tudo gratuito.

Uma das atitudes que nos ajudam a reduzir o desperdício é a organização. Acompanhe o blog Organize Assim com lindas fotos e ótimas ideias e algumas dicas minhas:

* Estoque precisa ser gerenciado e há vários jeitos de fazê-lo. Você já viu como funciona o controle de estoque de uma loja ou indústria? Use um modelo simplificado em sua despensa. Eu gosto da lista fixa permanentemente na geladeira ou na própria despensa, para qualquer pessoa anotar o que precisa / está acabando, podendo combinar um símbolo para urgente, como grifar o item. Simples e funcional, pode ser substituída a cada ida ao supermercado.

* Quanto mais gente na casa, mais complexo o gerenciamento: para algumas pessoas, fartura = oba, posso comer mais; para outras, fartura = ufa, posso respirar aliviada, etc. O tipo de alimentação, quantidade e horários normalmente são diferentes entre os moradores da casa, então a lista deve ser feita e paga por todos ou cada um faz a sua compra. Já vi casos (especialmente entre amigos que dividem um teto) de ser tão difícil chegar a um consenso que tudo ficou completamente independente, até mesmo uma prateleira por pessoa na despensa e na geladeira.

* Cuidado com o consumismo também no supermercado: quem sabe a situação atual do estoque não compra demais e quem planeja o cardápio da semana / mês também não se esquece de nada. Está muito barato e é uma grande oportunidade? Mesmo assim pense bem, sempre há outras coisas legais e produtivas para se fazer com o mesmo dinheiro… Jogar comida fora é tão ruim quanto sair correndo desesperada e pagar mais caro, ambos são desperdício.

* Escolha pela qualidade e não só pelo preço, pela saúde e não só pelo sabor, pela responsabilidade social da empresa alimentícia e não só pelo marketing, escolha o conteúdo e não a embalagem, leia os ingredientes e a data de validade. Dê preferência a alimentos mais frescos, da época e de fornecedores locais.

Muitos afirmam ser o amor ao dinheiro o maior problema do mundo, o que leva as pessoas a serem más e infelizes, cometerem atos criminosos e se tornarem escravas. Quando eles citam exemplos de pessoas que seriam materialistas e teriam este amor ao dinheiro exacerbado, eu vejo outra coisa. Vejo amor ao PODER que o dinheiro traz, o controle sobre sua própria vida e a dos outros, o respeito que deveria ser destinado a todos, o status que impressiona.

Frequentemente eu tenho a impressão que as pessoas que se deixam controlar e seduzir pelo poder financeiro do outro, essas sim tem amor ao dinheiro… E também acho que o amor ao poder é que é avassalador, impiedoso, escravizante e perigosíssimo. Deve ser administrado e trabalhado com extremo cuidado e normalmente se manifesta de outras formas não necessariamente mateirais!

O que você acha? Comente aqui ou mande e-mail.

Em Londres o The People’s Supermarket é colaborativo.

Ele reduziu o lucro e inovou em todo o processo, veja que brilhante!

A revista Mente e Cérebro analisa nossas reações diante de uma liquidação afirmando que “Comprar envolve uma competição de circuitos cerebrais entre o prazer de adquirir um objeto e a dor de pagar por ele”.