A maioria das pessoas está acompanhando as notícias de redução de juros e ficando animada com a possibilidade de financiar um carro ou apartamento sem aquela coisa de levar um e pagar por dois. O total pago será reduzido desde que nada mais mude além da taxa de juros. Atenção: caso o prazo fique maior, a parcela menor, ou se elimine a entrada, você pode continuar a ter o mesmo prejuízo ou até mais. Exemplo:

R$ 21.500,00 financiados em 3 anos com parcelas de R$ 1.000,00 e juros de 3% ao mês resultam em R$ 36.000,00.

Reduzindo os juros para para 2% ao mês, mas aumentando o prazo para 4,5 anos e reduzindo as parcelas para R$ 650,00 o total gasto será 35.750,00 – praticamente a mesma coisa.

Veja que pode parecer um alívio para quem paga ter parcelas 35% menores, um prazo 50% mais longo e juros 33% mais baixos. Parecem 3 boas notícias, mas a única boa mesmo é a dos juros menores.

Anúncios