artigos


Se você está organizando os seus documentos e acha que tem comprovantes demais, exija o comprovante anual que substitui os 12 outros.

Todo mês de MAIO as pessoas devem receber dos fornecedores públicos ou privados um único comprovante, ficando assim um por ano para cada empresa – energia elétrica, telefone, etc. Com eles você pode provar que pagou tudo direitinho e não tem nenhuma pendência.

Veja os detalhes do comprovante anual e os dados atualizados de por quanto tempo guardar cada documento no site do Idec.

Anúncios

Arthur Chioramital chama para a moderação em Loucuras em nome da estética – até quando, minha gente?  Vale tirar um pedaço do dedo do pé só para calçar melhor o sapato de salto???

No UOL as Aeromoças indicam os melhores sapatos para viajar. Serve para todos que ficam em pé bastante tempo e não podem usar tênis.

Corpo a Corpo destaca Quatro deslizes que comprometem a beleza e a saúde. Além da vaidade, a preguiça e a avareza também podem custar caro.

 

Protetor solar: Proteste reprovou 11 de 15 marcas testadas por não ter a proteção que prometem.

Aproveite para ver todas as dicas da coluna Seu Bolso: Como escolher a sua bicicleta, como não colocar em risco o seu seguro, como transferir o financiamento de imóveis, como tirar proveito da guerra das tarifas, previna-se antes de viajar: seguro-viagem, como economizar na compra do brinquedo.

Brigando com o cônjuge por causa de dinheiro? Leia Como evitar que o dinheiro estrague o casamento. Veja as combinações de diferentes perfis financeiros, relatos de casais e dicas de especialistas.

Uma entrevista  sobre a cirurgia bariátrica com o médico Thomas Szegö relaciona obesidade com ansiedade, imediatismo e compulsão, o que pode terminar em compulsão por compras. Eu mesma já vi pessoas que “trocam de compulsão” – ou estão comendo demais ou comprando demais, etc. Vejam que interessante a comparação da compra do carro que ele faz.

Onde morar na aposentadoria? Brasil tem duas cidades entre as melhores para desfrutar da aposentadoria
Seus direitos: Saiba o que é um acidente de consumo e como agir caso sofra um
Educação financeira: Pais devem limitar consumo para evitar adultos financeiramente desequilibrados
Dívidas: Taxas de juros do crédito pessoal recuam em quatro grandes bancos do país
Aí sim: Novo programa de fidelidade recompensa cliente com dinheiro

R7: Ficar sentado por períodos prolongados aumenta risco de diabetes e morte – Pesquisa sugere que associações foram independentes da quantidade de atividade física realizada pelas pessoas!

Veja: Passar menos horas sentado ou assistindo televisão prolonga a vida – Pesquisa afirma que restringir os períodos em que permanecemos sentados para até três horas diárias aumenta a expectativa de vida em dois anos.  Permanecer sentado por muito tempo encurta a vida – Pessoas acima dos 45 anos que passam muitas horas sentadas todos os dias podem ter até o dobro de chance de morrer em um período de três anos do que aquelas que se sentam durante menos tempo. Ficar sentado por muito tempo é um risco à saúde – Conheça seis maneiras de driblar o problema.

G1: Atividades simples do nosso dia a dia podem ajudar a emagrecer.

MSN/Forbes: Exercícios do dia-a-dia que queimam 100 calorias

Vídeos com exemplo de alongamento como este , estes  e este ajudam. Aproveite e faça já!

Medical Billing and Coding Infographic: Sitting is killing you

Achei o máximo esta pergunta, pergunta de gente que pensa em vez de agir como robô teleguiado!

Leia, reflita e liberte-se desta crença que nos foi implantada e só prejudica nossas crianças e nossas finanças.

Parabéns mais uma vez ao Infância Livre de Consumismo.

O que podemos fazer para ter a melhor consulta possível? Vamos sair da postura passiva e ajudar o médico a nos ajudar!

A revista Women’s Health mostra os 5 problemas mais comuns que levam a um diagnóstico errado ou resultado insatisfatório da consulta, 5 doenças que passam despercebidas,  6 dicas para tomar as rédeas do seu tratamento e até como denunciar. Imperdível!

Huff Post chama a atenção para um dos problemas citados na matéria anterior: o excesso de trabalho. (em inglês)

 

Próxima Página »