Lembra dos sorvetes econômicos e naturais com base de purê?  No inverno eles podem ser adaptados para pudins, cremes e brigadeiros.

A ideia é que sempre que você precisar engrossar um prato salgado como sopa você pode usar batata, mandioca, inhame  ou mandioquinha ao invés de farinhas. No caso de pratos doces, você pode usar mandioca, inhame ou batata-doce.

Nesta receita de pudim de chocolate, você pode trocar um dos ovos por uma xícara de chá de mandioca cozida amassada.

O brigadeiro também fica mais consistente e rende mais com mandioca, confira no Mais Você a receita do livro do Sesi.

Procurando um petisco para assistir aos jogos? As receitas variam um pouco deste patê diferente de grão de bico que, segundo o Globo Repórter, é um dos grãos mais saudáveis.  “O tipo de lipídios que tem no grão-de-bico, ômega 3 e 6, evita doenças circulatórias e coronárias. A proteína é rica em triptofano, que favorece o bem-estar. É precursor da serotonina, que está relacionada com o bem-estar. Até o carboidrato do grão-de-bico é especial, porque ele tem um índice glicêmico baixo, que é bom para pessoas com diabetes e mesmo para evitar a chegar o diabetes. O valor calórico dele é baixo”, aponta a pesquisadora Maria Esther Fonseca.  Confira os vídeos no site G1 e abaixo a receita que eu gosto:

200 g de grão de bico  |  2 colheres de sopa de gergelim torrado  |  4 colheres de sopa de suco de limão  |  2 dentes de alho  |  1 colher de sopa de páprica picante  |  4 colheres de sopa de azeite extra virgem  |  sal a gosto  |  salsinha e cebolinha frescas para decorar

lave o grão de bico e deixe de molho na véspera ou por pelo menos 2 horas  ->  cozinhe uns 10 minutos na panela de pressão, com água até cobrir  ->  vá adicionando todos os ingredientes no liquidificador e batendo, inclusive a água do cozimento  ->  pode acrescentar mais água mineral / filtrada se preciso, mas a ideia é obter a pasta mais consistente possível  ->  decore com salsinha e cebolinha e bom apetite!

Agora o mistério: porque custa tãaaaaao caro para comprar pronto???

DICA SUPER ECONÔMICA E SAUDÁVEL

Quanto você gasta com iogurte por mês? E por ano? Se tirar os corantes, aromatizantes, conservantes e açúcar sobra o que?

Temos uma nova “criação” aqui em casa: é o Kefir, uma espécie de coalhada com bacilo diferente. Eu achei bem mais fácil de fazer e mais leve. Não comprei, ele me foi doado, o Kefir tem esta tradição de ser doado uma “amostra”, você vai reproduzindo e depois pode doar para quem mais quiser… Ele forma bolinhas grandes como uma couve-flor…

Eu estou fazendo assim:

1. pego o Kefir puro, lavo com água filtrada / mineral, acrescento duas partes de leite para uma de Kefir e cubro o pote com papel.

2. Um dia sim outro não eu côo a parte líquida e misturo com alguma fruta ou geléia, mel, cereal, côco ralado e então  saboreamos no café da manhã ou lanche da tarde. Dá para fazer várias receitas, basicamente tudo o que você faria com iogurte comum. Atenção para não misturar nada à parte sólida, os “bichinhos” , só ao “soro” coado.

Lavo novamente o Kefir na peneirinha (coador) e começo tudo de novo (1).

Se você “googlar” encontrará diversas dicas e até vídeos, veja o que diz a Pat Feldman.

Em campanha por uma alimentação mais natural e saudável, Jamie Oliver realiza palestras, ensina a receitas deliciosas e saudáveis com vídeos e organizou uma petição que você pode assinar. O site dele é em inglês, mas a palestra tem legenda em português e outros.

Concordo com ele que saber cozinhar é necessário. Você pode até não gostar e optar por evitar a coisa, mas todos deveríamos saber, desde crianças. Você pode se virar em um momento de fome, ter o controle da higiene e da qualidade da sua comida, ensinar a empregada e os filhos, bater um papo com outras pessoas sobre um assunto neutro, distrair-se e dar sabor à sua vida, desenvolver a criatividade, etc.

Quem foge da cozinha não sabe o que está perdendo! Depois não reclame de gastar demais, engordar, ficar na dependência de restaurantes e de ser enganado algumas vezes por fornecedores de alimentos.

voltando ao abacate, eu uso tb como uma “margarina” para fazer patês, que duram no máximo 24 horas, sempre na geladeira.

Cozinhe uma batata média e amasse bem.  Pique ervinhas diversas a gosto, por ex. salsinhacebolinha com mangericão ou com hortelã.  Pique um tomate em pequenos quadradinhos, tirando as sementes.  Amasse um abacate pequeno com sumo de meio limão.  Tempere com azeite e sal ou tempero pronto de alho e sal. Se não estiver de regime, acrescente uma colher de sopa de maionese…

pronto, é um patê diferente e saudável!

Super nutritiva, boa e barata esta sobremesa. Dá algum trabalho só para fazer o doce de batata-doce, depois basta arrumar o “barquinho” em 1 minuto e deliciar-se sem culpa.

Descasque a batata doce, pique em rodelas ou cubinhos e ferva com alguns cravinhos da índia e açúcar a gosto, até amolecer. Pronto, este doce é simples, barato, saboroso e dura bastante na geladeira.

Parta um abacate no meio e preencha o “buraco” com o doce e sua calda, acrescentando frutinhas cristalizadas se quiser.

Aproveite a época do abacate! Muita gordura boa (insaturada), proteínas, vitaminas A, B e C, ferro, cálcio, fósforo, magnésio e fibras. Excelente para a saúde, desde que comido com moderação, claro. Fique por dentro dos detalhes no Site Médico.

A batata-doce também é saudável a ponto de constar na seleta lista dos alimentos funcionais. Ela está disponível o ano todo na maior parte do Brasil, sorte nossa! Saiba mais no site da Embrapa.

A Revista Veja publicou um estudo sobre a remuneração do trabalho no Brasil em 2007 e outras dicas de carreira.  Veja!

Especial Vocação
Aptidão e vocação   Como nascem as habilidades
Teste   Descubra sua vocação
Vestibular   Os cursos mais procurados
Medicina   A população envelhece e demanda mais serviços de saúde
Engenharia   Na onda do crescimento econômico
Direito   Apesar da competição acirrada, ainda vale a pena ter esse canudo
Empreendedorismo   Uma vida sem chefes
Remuneração   As profissões mais bem pagas